C4AI Mesa Redonda 28Abril22

C4AI – Mesa Redonda C4AI – AI em Foco: Sobre o tema – “Accountability algorítmica e políticas públicas” 
Data: 28 de Abril de 2022 – 14h (BRT-Brazil Time). Evento apresentado em Português.
Promovido pelo C4AI – Grupo Humanidades (AI Humanity): https://c4ai.inova.usp.br/

Evento OnLine, Aberto e Gratuito com transmissão pela Internet no Youtube: “Set Reminder”  https://www.youtube.com/watch?v=URrRl3Owm4Y

Adicione na sua agenda (google calendar):
https://calendar.google.com/event?action=TEMPLATE&tmeid=MDB2OWthZTVsMjhhc3ZwNnBkcGVibWtvcnIgYzRhaUB1c3AuYnI&tmsrc=c4ai%40usp.br

Tema: Accountability algorítmica e políticas públicas
O uso da Inteligência Artificial (IA) para a formulação e implementação de políticas públicas demanda cuidados – seja com a proteção de dados pessoais, seja com a tomada de decisões sensíveis pelo poder público, como, por exemplo, a suspensão de benefícios sociais a um determinado indivíduo. Os mecanismos para endereçá-los são tão recentes quanto diversos. Entre eles, estão, por exemplo, a publicação de orientações sobre o uso da IA pelo setor público, a realização de avaliações de impactos algorítmicos, e o banimento temporário de aplicações específicas de IA, como os sistemas de reconhecimento facial. Nesse contexto, cabe indagar: no caso brasileiro, quais estratégias têm sido adotadas por diferentes stakeholders para que os benefícios da IA sejam maximizados e seus riscos, diminuídos? E qual o papel da LGPD na construção e implementação dessas estratégias? Esses são alguns dos desafios que enfrentaremos neste seminário.

Manoel Galdino
Formado em economia e doutor em ciência política pela Universidade de São Paulo. Cientista de dados, foi gerente de analytics e inovação em uma agência de marketing e data leader em uma multinacional no Brasil.

Cristina Godoy Bernardo de Oliveira
Professora da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto – USP. Pós-doutora pela Université Paris I Panthéon-Sorbonne. Academic Visitor da Faculty of Law of the University of Oxford. Doutora e Graduada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Líder do Grupo de Pesquisa “Direito, Ética e Inteligência Artificial” USP-CNPq. Coordenadora do Grupo de Estudo de Direito e Tecnologia do IEA-USP. Integrante do Center for Artificial Intelligence – Humanity. Associada Fundadora do Instituto Avançado de Proteção de Dados.

Moderação:
Rodrigo Brandão
 é Formado pela USP, possui bacharelado em ciências sociais (2008), especialização em economia (2010) e mestrado em ciência política (2011). É um dos coordenadores do OIC/IEA/USP e, desde 2020, é doutorando em sociologia na USP e pesquisador da área de Humanidades do C4AI – Center for Artificial Intelligence (parceria USP-FAPESP-IBM), onde investiga os usos de tecnologias emergentes feitos pela administração pública e o impacto dessas tecnologias sobre a democracia. Anteriormente, atuou, entre outras organizações, na Fundação Fernando Henrique Cardoso, como coordenador-assistente da área de estudos e debates, e na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), como especialista em relações institucionais.
 

Tags:

Comments are closed