C4AI Centro de Inteligência Artificial

Missão:

Produzir pesquisa avançada em Inteligência Artificial no Brasil, disseminando e debatendo os principais resultados, treinando estudantes e profissionais, e transferindo a tecnologia para a sociedade.

Visão:

Ser um centro de excelência de nível mundial em Inteligência Artificial e uma organização essencial para a comunidade científica e a sociedade no Brasil.

O Centro de Inteligência Artificial (Center for Artificial Intelligence - C4AI) tem o compromisso de desenvolver pesquisas no estado da arte em Inteligência Artificial (IA), explorando tanto aspectos básicos quanto aplicados nesta área. Com suporte da IBM e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o C4AI também desenvolve estudos sobre o impacto social e econômico da IA e conduz atividades de disseminação de conhecimento e transferência de tecnologia, procurando formas de melhorar a qualidade de vida humana e incrementar diversidade e inclusão.

O C4AI foi estabelecido em 2020 por meio de significativo aporte da IBM e FAPESP. A instituição sede é a Universidade de São Paulo (USP), operando em parceria com as instituições associadas ITA, PUC-SP e FEI. A USP dá suporte a pessoal e espaço para o C4AI de forma a corresponder aos aportes feitos.

O C4AI é sediado no InovaUSP, um espaço para inovação e pesquisa multidisciplinar, localizado no coração do campus Butantã da USP. Um segundo espaço é situado no ICMC em São Carlos.

O C4AI considera que o próximo nível de desempenho em IA só poderá ser alcançado enfatizando a combinação de aprendizado de máquina, tomada de decisão, representação de conhecimento e raciocínio, e incrementando a colaboração entre essas áreas e suas aplicações. A conexão entre as tópicos básicos de pesquisa e áreas de aplicação de IA funciona nos dois sentidos: os tópicos básicos permitem a abordagem de problemas de grande escala nas áreas de aplicação selecionadas, e por outro lado são alimentados pelos desafios de escala nessas áreas de aplicação.

O C4AI é parte da IBM’s AI Horizons Network (AIHN), rede de centros de pesquisa criada em 2016 para promover colaboração entre universidades líderes ao redor do mundo, com o objetivo de acelerar a pesquisa e a aplicação de IA.

O C4AI é parte do Programa de Centros de Pesquisa em Engenharia da FAPESP em que financiamento de longo prazo é direcionado para temas amplos e essenciais.

As atividades de pesquisa no C4AI são organizadas em torno de cinco Grandes Desafios que combinam aspectos fundamentais da inteligência artificial com aplicações em setores selecionados como agronegócio, clima, e saúde. Os desafios são:

  1. NLP2 – Recursos para Levar o Processamento de Linguagem Natural em Português para o Estado-da-Arte
  2. KEML – Aprendizado de Máquina Enriquecido com Conhecimento para Raciocínio em Dados Oceânicos
  3. AgriBio – Tomada de Decisão Causal Mulitcritério em Redes de Produção de Alimentos
  4. GOML - Aprendizado de Máquina Orientado a Grafos para Diagnóstico e Reabilitação de AVCs
  5. AI Humanity - IA em Países Emergentes: Políticas Públicas e Futuro do Trabalho.

O C4AI tem adicionalmente uma equipe de Difusão que procura disseminar e educar sobre a IA na sociedade. O C4AI proverá conteúdo educacional e treinamento customizado relacionado às tecnologia de IA, e manterá programas especiais voltados a diversidade e inclusão.

O C4AI tem também uma equipe focada em Impacto, que irá incentivar o uso de IA em empresas e o crescimento e criação de provedores de tecnologia de IA no Brasil. O objetivo é o centro tornar-se um participante ativo no ecossistema de IA e contribuir para o seu avanço pela remoção de barreiras e promoção de dados e códigos abertos.

O C4AI está também estabelecendo três comitês de aconselhamento para auxiliar no atingimento de suas metas e na busca por excelência: o Comitê Científico Internacional, para avaliar a qualidade da produção científica do centro; o Comitê de Indústria e Sociedade, para fomentar a conexão e sinergia com os ecossistema econômico e social; e o Comitê de Diversidade e Inclusão, para endereçar a sub-representação de grupos específicos em IA.